Ficou pior – Bancos querem retirar mais direitos

 

 

 

Bancos querem retirar 13ª cesta e diminuir gratificação

Na mesa desta quinta 20, a Fenaban propôs mais retirada de direitos: quer acabar com a 13ª cesta e reduzir a gratificação de função de 55% para 50%. E manteve proposta apresentada na mesa de terça 18, de redução da PLR. Comando rejeitou proposta na mesa; sexta 21 tem

Os bancos, setor mais lucrativo da economia, querem retirar direitos conquistados há décadas pelos bancários. Na mesa de negociação desta quinta-feira 20, a sétima rodada da Campanha Nacional dos Bancários 2020, a Fenaban (federação dos bancos) propôs retirar a 13ª cesta alimentação e diminuir a gratificação de função de 55% para 50%. Não apresentou proposta para as demais reivindicações dos bancários. Na mesa anterior, na terça-feira 18, a Fenaban já havia proposto reduzir a PLR dos bancários em até 48%. O Comando Nacional dos Bancários rejeitou a proposta na mesa.
“Não aceitamos retirada de direitos! Os bancos são um dos poucos setores da economia que continua lucrando na crise da pandemia de coronavírus. Eles se mantêm lucrativos e rentáveis. Não há, portanto, nenhuma justificativa para que queiram extinguir conquistas históricas da categoria bancária. Rejeitamos a proposta na mesa e deixamos claro que não vamos admitir que mexam na nossa PLR, 13ª cesta ou gratificação de função”, afirma Ivone Silva, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo e uma das coordenadoras do Comando, que representa a categoria na mesa de negociação com a Fenaban.
Uma nova negociação ocorrerá nesta sexta-feira 21, às 11h. Uma hora antes, haverá mobilização no Twitter, Facebook e Instagram, com recado aos bancos reforçando que os bancários não querem nenhum direito a menos!
“É fundamental que a categoria participe das mobilizações nas redes sociais. Estamos realizando uma Campanha Nacional atípica este ano, por conta da pandemia, mas isso não deve nos enfraquecer. É importante que todos participem no Twitter, Facebook e Instagram, que convide sua família e amigos, vamos mandar recados claros aos bancos e mostrar à sociedade que o setor que lucra bilhões e que tenta passar a imagem de empresas solidárias e responsáveis em suas propagandas, na verdade está tentando retirar direitos de seus empregados”, destaca Ivone (veja abaixo os links para as redes sociais do Sindicato).
Veja como foram as rodadas de negociação anteiores:
> Sexta rodada: Fenaban propõe reduzir PLR dos bancários em até 48%
> Quinta rodada: Bancos apresentarão proposta na terça-feira 18
> Quarta rodada: Sindicato cobra implantação do canal a vítimas de violência
> Terceira rodada: Sindicato cobra da Fenaban melhorias para saúde dos bancários
> Segunda rodada: Bancários reivindicam manutenção dos empregos
> Primeira rodada: Sindicato negocia regulamentação do home office

Assembleia na terça 25

Diante das propostas da Fenaban, extremamente prejudiciais aos trabalhadores, o Comando decidiu convocar assembleias nas bases de cada sindicato. Será na terça-feira 25, de forma virtual.

Carreata no sábado 22

A dirigente ressalta que a categoria bancária está disposta para a luta. Por sugestão de bancários, será realizada uma carreata para mostrar a insatisfação da categoria com as propostas de retirada de direitos. A carreata ocorrerá neste sábado 22, com concentração às 10h30, na Praça Arlindo Rossi, Cidade Monções, próximo da Ponte Estaiada.

Bancos continuam lucrando

Mesmo neste momento de crise econômica, os bancos seguem lucrando alto. No primeiro semestre deste ano, o lucro dos quatro maiores – Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil – chegou a R$ 28,5 bilhões (Caixa ainda não divulgou seu balanço).
Em 2019, os lucros somados dos cinco maiores alcançou R$ 108 bilhões, um crescimento de mais de 30% em relação a 2018. E a economia já estava em crise.

Conecte-se ao Sindicato

Mande aqui um WhatsApp para o Sindicato, salve o nosso número nos seus contatos e fique por dentro de tudo o que acontece na Campanha Nacional dos Bancários 2020. Ou cadastre-se para receber notícias da campanha em seu e-mail.
Acesse a página de notícias Ao Vivo e siga o Sindicato dos Bancários no Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin e Youtube para se manter informado sobre a Campanha Nacional dos Bancários 2020.

Nós também fizemos uma lista com perguntas e respostas sobre a campanha.

Censo da Diversidade

Antes da negociação desta sexta, a Fenaban apresentou dados do Censo da Diversidade Bancária 2019. Os números mostram que não houve grandes avanços: as mulheres seguem sendo as mais qualificadas, mas continuam ganhando menos e ocupando menos cargos de direção do que os homens. Negros (pretos e pardos) e PCDs (pessoas com deficiência) continuam sendo minoria. A Fenaban ficou de enviar os dados completos para o Comando Nacional dos Bancários e os representantes dos trabalhadores irão estudá-los e divulgá-los com mais detalhes em seguida. Informações SPBANCARIOS