Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

NOTÍCIAS

Sindicato busca solução para vacinação de bancários

28/05/18

Sindicato busca solução para vacinação de bancários

O inverno está chegando e a população do sul do Brasil é bastante afetada pelas chamadas doenças sazonais, com os diferentes tipos de gripe. Assim como aconteceu nos anos anteriores, a diretoria do sindicato mobiliza-se para garantir que todos os bancários e bancárias tenham direito à vacinação. Depois de muita cobrança feita no passado os bancos já colocaram a vacinação nos seus calendários, só que neste ano aconteceu um impasse entre a Vigilância Sanitária de SC e a Salutare, empresa contratada pela Fenaban para a realização da campanha em todo os bancos do estado.
Segundo Valdir Machado da Silva, diretor do Sindicato, “a entidade foi informada pela categoria de que a referida empresa “parou na metade” as vacinações e o Sindicato buscou saber o que estava acontecendo. Por isso procurou Vigilância Sanitária, onde foi informado de que existe uma portaria que regulamenta a prática da vacinação “extramuros”, e exige que os ambientes sejam arejados e climatizados e que as doses de vacina sejam acondicionadas em geladeiras próprias para a função. Como a empresa não vinha cumprindo os requisitos, a vacinação foi suspensa”.

 

Segundo apurou o sindicato, a portaria é estadual, mas a Vigilância Sanitária de cada município tem autonomia para liberar ou não a chamada vacinação extramuros. Mesmo com a insistência da entidade de que a empresa regularizasse a sua situação junto ao órgão competente, ela decidiu rescindir o contrato com os bancos.
Ainda segundo Valdir, “apuramos que os bancos Santander, BB, Caixa e Itaú preferiram reembolsar o custo da vacina a cada um (a) de seus funcionários (as). Sobre o Bradesco, estamos em contato com o banco para que faça o mesmo”.
Para os que desejarem se vacinar, a entidade apurou que no Sesi Clinica, em Criciúma, há disponibilidade de doses a R$ 50,00.